1 de jun de 2013

Reflexão

"Estamos na era do fast-food e da digestão lenta, do homem grande de caráter pequeno, lucros acentuados e relações vazia. Essa é a era de dois empregos, vários divórcios, casas chiques e lares despedaçados. Essa é a era das viagens rápidas, fraldas e morais descartáveis, das rapidinhas, dos cérebros ocos e pílulas 'mágicas'. Um momento de muita coisa na vitrine e muito pouco na dispensa..."



Nós bebemos demais, gastamos sem critérios. Dirigimos rápido demais, ficamos acordados até muito mais tarde, acordamos muito cansados, lemos muito pouco, assistimos TV demais e raramente estamos com Deus. Multiplicamos nossos bens, mas reduzimos nossos valores. Nós falamos demais, amamos raramente, odiamos frequentemente. Aprendemos a sobreviver, mas não a viver; adicionamos anos à nossa vida e não vida aos nossos anos. Fomos e voltamos a à Lua, mas temos dificuldade em cruzar a rua e encontrar um novo vizinho. Conquistamos o espaço, mas não o nosso próprio. Fizemos muitas coisas maiores, mas pouquíssimas melhores. Limpamos o ar mas poluímos a alma; dominamos o átomo, mas não nosso nosso preconceito; escrevemos mais, mas aprendemos menos; planejamos mais, mas realizamos menos. Aprendemos a nos apressar e não, a esperar. Construímos mais computadores para armazenar mais informação, produzir mais cópias do que nunca, mas nos comunicamos menos. Estamos na era do 'fast-food' e da digestão lenta; do homem grande de caráter pequeno; lucros acentuados e relações vazia. Essa é a era de dois empregos, vários divórcios, casas chiques e lares desperdaçados. Essa é a era das viagens rápidas, fraldas e moral descartáveis, das rapidinhas, dos cérebros ocos e das pílulas 'mágicas'. Um momento de muita coisa na vitrine e muito pouco na desensa. Uma era que leva essa carta a você, e uma era que te permite dividir essa reflexão ou simplesmente clicar 'delete'. Lembre-se de passar tempo comas pessoas que ama, pois elas não estarão por aqui para sempre. Lembre-se dar uma abraço carinhoso num amigo, pois lhe custa um centavo sequer. Lembre-se de dizer 'eu te amo' a sua companheira (o) e às pessoas que ama, mas em primeiro lugar, ame... Ame muito. Um beijo e um abraço curam a dor, quando vêm de lá de dentro. Por isso, valorize sua família e as pessoas que estão ao seu lado, sempre.

26 de dez de 2012

E o seu 2013?

26 de Dezembro de 2012, o mundo não acabou, você provavelmente está tomando algum remédio pra comilança de fim de ano, está infeliz que não ganhou todos os presentes que queria e torce pra que ganhe na Megasena da virada pra dar um jeito nas dívidas e nas faturas de cartão de crédito que vão chegar.



Não parece tão bom a princípio. 

Vamos olhar com outros olhos, afinal é fim  de ano e em mais alguns dias você terá um ano inteiro pra realizar novas coisas.

Sugeriria fazer uma lista de tudo que você quer alcançar no próximo ano, seja alguém especial pra se ter ao lado, seja uma viagem, seja um novo emprego ou outra coisa.

Não, essa lista não vai funcionar a não ser que você realmente escreva suas metas com desejo, com paixão. Tenha FÉ, independente da sua crença, tenha fé em si, acredite em si mesmo, BELIEVE IN YOURSELF !


Você é a única pessoa capaz de moldar o que será a sua própria vida.

Como diria uma frase de uma garrafinha da água do CNA que eu tenho:

"Viva com paixão que o sucesso corre atrás de você"

Mantenha sua lista com você o tempo todo, seja colada na porta do guarda-roupa ou dentro da carteira, num lugar que você olhe pelo menos uma vez por dia. Lembre-se nesse momento de tudo que está na lista, visualize suas metas, o sentimento, sua paixão por aquilo. E então, faça a pergunta mais poderosa:

" O que você está fazendo para chegar lá? "

Lá pode ser tanta coisa, uma viagem, um novo emprego, um namoro, um passeio, um prato que você quer tentar cozinhar pra alguém que gosta, uma foto com alguém que você fez as pazes, um novo idioma, etc.

Como um velho amigo disse: 

" Mire no céu para poder acertar o topo da montanha. "

Não se atenha ao básico, ao "american dream", seja ousado e tente coisas novas. Um mochilão, uma viagem surpresa pra praia, uma peça de teatro se você nunca foi, ajudar crianças carentes, se doar por alguma causa, visitar seus avós de longe, mandar uma carta, enviar um cartão postal pra um amigo de internet que não conhece pessoalmente na Finlândia (eu fiz isso).


Não caia na mesmisse, saia da zona de conforto, ela vicia e é perigosa.

Hoje a noite, espero que você deite na cama, sofá ou rede, pense e escreva num bloquinho, anotação no celular suas metas, sonhos, seja para 2013 ou 2014 ou 2030... 

Escreva, acredite e conquiste-as!




Já faz um tempo...Cuzco!

Já faz um tempo que não apareço por aqui, mas a nota mental de atualizar o blog aparece a cada semana. 

Desde a última vez que mantive esse blog ativo, eu participava de um concurso da faculdade com o intuito de ganhar uma viagem para o Canadá ou Perú. Consegui a segunda colocação com a pontuação adquirida nas redes sociais e com a ajuda de muitos amigos, sejam diretos ou indiretos. OBRIGADO! :)

Esse dias achei o "diário de bordo" que escrevi durante as 5 semanas no Peru. Foi um documento por dia, contanto brevemente o que eu fiz, comi, vi, conheci, vivi. Deu muita saudade!


Plaza de Armas de CUZCO- PERU


Posto aqui pra vocês um vídeo e quem se interessar, só procurar no youtube por "breno peru" são uns 3 eu acho.




Este é o mais comédia, estávamos tomando uma num bar onde vc senta, bem na varanda mesmo da praça principal de Cuzco/Cusco.

Incrível como eu tenho saudade daquela cidade chuvosa e gelada, mas as pessoas, a cultura e a música são cativantes.

Não vamos esquecer que a comida de lá é ótima e barata!

Bom, era só pra deixar uma casquinha sobre essa viagem incrível que fiz.