14 de set de 2009

Sobre ser gordo...

Ser gordo é estar sempre cheio de si mesmo e

-é estar acima do peso normal.
-é nunca ter a roupa ideal pra sair.
-é ter vergonha de si mesmo em fotos.
-é sempre começar uma dieta e terminá-la em menos de 5h.
-é sempre prometer que vai ficar magro na segunda feira que vem.
-é ter inveja dos magrinhos ou fortinhos.
-é estar inseguro
-é ter medo de estar mais baleia do que vc pensa que é.
-é não ter a cor ideal pra estar na moda.
-é ser o gordo da turma/casa/republica/sala.
-é não achar o número da camiseta mais bonito e se conformar com a preta que diz emagrecer.
-é sempre ter que ir trocar a camiseta que sua tia te deu pq ela lembra de vc menor(menos gordo que atualmente)
-é achar algum vantagem em ser gordo, quando é ruim ser magro. (ex: jogar mais água pra fora da piscina).
-é praticamente não ter muita chance na carreira esportiva.
-é não ter chance de ser um grande jogador de futebol mesmo.

-é se pesar sempre e ver o ponteiro da balança indo mais longe do 0.
-é tirar o chinelo, carteira, celular, relógio, boné,chaves e ir de short level pra se pesar na farmácia.
-é dizer que vc come muito por ansiedade
-é dizer que vc come muito sem querer.
-é dizr que vc come muito pq tem que manter a forma (redonda no caso).
-é dizer que tem fome.
-é dizer que está gordo pois é de família.
-é ser um anão medieval quando se é pequeno.
-e ser um gigante devorador quando se é alto.
-é ter apelidos no aumentativo (brenão, brunão, felipão, ricardão)
-é ter pena de você, pelo menos uma vez a vida.
-é começar uma dieta e dizer à todos que começou, que agora vai de verdade.(vai falhar)
-é se alegrar quando as pessoas dizem que você está diferente(perdeu 1g)
-é sofrer de bullying na escola
-é receber "peitinho" 20 vezes por dia.

by Breno V. Ferreira



no final dá tudo certo.
mAHAHAHA

18 de ago de 2009

Sobre estudar engenharia...

Para os que me conhecem, estudo engenharia elétrica no Inatel, situado na cidade de Santa Rita do Sapucaí. Estou no 6o período de um total de 10.

"Entrar no Inatel é fácil, o difícil é sair". Foi exatamente o que me disseram, mas penso eu que é o que todos os pobres estudantes de engenharia ouvem pra suas respectivas faculdades.

A engenharia me fez ver tudo como funcional ou não funcional. Se uma coisa é barata, tem um custo de oportunidade descente e agrada aos clientes é boa pra ser produzida. Pior que isso pode ser aplicado à tantas coisas como amizades, mulheres, festas, decisões.





Estudar um curso de exatas, não é pra qualquer um, aguentar os 3 tipos de cálculos, 3 tipos de físicas mais inúmeras matérias que explicam sinais, energia, transmissão, manipulação, materiais e propagação de ondas para serem aproveitadas de inúmeras formas pra áreas de telecomunicações, transmissão de energia, biomedicina, automação e controle industrial, robótica e etc... CARA! NÃO É FÁCIL!

Há quem goste de cada letra que uso pra detalhar tais matérias, não é exatamente meu caso, mas de um modo ou de outro acabo gostando de certas áreas.

Nos 5 anos de engenharia, você vai ter noites viradas estudandos (parece legal, mas não é), noites mal dormidas, vai se alimentar mal, vai ter pesadelos com fórmulas cabulosas e pra terminar a parte noturna muita coca-cola e café no bucho pra aguentar tudo isso.

Fica a dica de prestar MUITA atenção nas aula, fazer sempre mais exercícios que os pedidos pra estudar pra prova ( nunca são suficientes) e ver aonde você pode aplicar a matéria. A prática que é a mágica da engenharia. Outra dica: Estude muito inglês, faça atividades extra-classes como monitorias, empresas júniores, um estágio, enfim, deixe a engenharia sempre perto de você, quanto mais souber dela antes de ir pro mercado de trabalho, melhor!

IMPORTANTE: Saiba escrever muitíssimo bem, se comunicar melhor ainda e faça amigos! Um bom networking é muito sábio!

Existe um site chamado: tryengineering.org com algumas matéria sobre o que você encontrará nas diversas engenharia existentes.

8 de jul de 2009

A agenda

Há pouco encontrei minha velha agenda de adolescente aos 15 anos. Meus devaneios, citações de momentos da época, como terminar com a namorada, a paquera, as músicas que ouvia, os animes que assistia e o que pensava da ETE(colégio). Passei bons 20 minutos relendo todos os trechos com a letra horrível que sempre tive. Adicionei uma página resumindo a atualidade.


FATO: Sempre serei meio adolescente, tipo EVER.

whatever....

26 de jun de 2009

Just put on your . . . COOL FACE.


Salve Salve!

Dando as caras aqui após um pertubado e nebuloso tempo pra mudar umas atitudes, passar em algumas matérias na faculdade e por em ordem as prioridades. Muitas coisas mudaram desde o último post. Teve muita festa, novas amizades e muitas fotos. Ainda não sou um veterano da fotografia, mas hei de ser ainda.

Bom, só pra lembrar. Michael Jackson morreu ONTEM! Já tem até piadinha: Michael Jackson no céu pergunta: "Onde está o menino Jesus?" (muitos risos) MAUAHUAAAHUAHA

Esses dia vi este vídeo: Cool face... é mto simples, bobo mas me rendeu ótimas risadas e um pensamento. Quando tudo estiver realmente FERRADO ponha seu COOL FACE que tudo se resolverá.

Divirtam-se!
COOL FACE

23 de abr de 2009

Lua, minha paixão.




A lua, a brisa fresca, os pontos cintilantes brancos no teto...a noite é minha maldição.
Meus melhores e piores momentos foram acompanhados pela dama negra que tudo oculta.
São tantos os sentimentos que a noite pode gerar em você. Temo descrevê-los aqui e acabar num "loop".

Nasci pra admirar a lua, minha grande, redonda e platônica paixão.

Certo dia, voltei dirigindo na estrada pacata do interior de MG de madrugada. Só eu e o luar, apaguei os faróis e fui guiado pela luz da minha amada...

Ah...Uma noite memorável, como muitas outras já foram à sua compania.

Dica: Celebre os pequenos momentos da vida, eles valem MUITO a pena a serem lembrados.


Talvez eu seja um lobo...

2 de abr de 2009

I still in my couch

Pra quem sabe, eu viajei para os EUA em dezembro onde fiquei 3 meses trabalhando na Carolina do Sul num daqueles intercâmbios tipo WORK and TRAVEL. Felizmente gastei minha saúde em troca de uns bons dólares e muitas compras num país mto legal(mas que eu não pretendo voltar tão cedo),que está em crise(sim, a tal dos jornais).
Segundo os próprios americanos, ele sentem a crise real, dizem que não era como antigamente onde podia-se comprar de tudo que ainda tinham dinheiro reserva. Eu os invejos, é difícil ver cena aqui no Brasil desse tipo. Eles adoram um carrinho de compras e levar tudo que vêem pela frente para casa. Acho que é por isso que adoram carros grandes( e como são grandes), para carregar todas as bugigangas de boa qualidade que compram.
Outro ponto é a comida, eles adoram comer. E comer bem. O mito dos fast-foods só acontece com gente que não tem SACO ou tempo(time is money babe, perder tempo comendo pra q?).
Em geral, nós, sejam latinos, europeus, orientais, americanos... somos fruta do mesmo saco. Adoramos ser famosos, ricos, inteligentes e sempre querendo estar na frente dos outros, não importa o que surgir. Sinto que estou mal, falando mal da minha própria raça. Mas humanos são humanos, tá no nosso sangue ser imperfeito e aprender devagar com os erros cotidianos.
Mais um ponto é que eu ainda posso falar que estou no meu sofá, agora ouvindo músicas diferentes, somente internacionais(não to metidao nao cara, é que enjoei de bláblá em pt) do tipo acústico e cantados por outros cantores. Tipo do Queen-I was born to love you, cantado por Danni Carlos( a voz da muié mexe com vc).
Acabei de espirrar, isso que dá ficar andando descalço em casa, eu sei mãe, não é bom, mas idaí? Cansei do tênis, da meia e o chinelo me dá nos nervos. Nada melhor que deixar o pé respirar (sim, pés respiram cara!) e depois tomar um remedinho.
Não sei quase nada de esporte nenhum, pq nunca me apeteceu a coisa. Só sei que, americanos AMAM competições e viram monstros pra mostrar que são melhor, seja o aspecto que for, esporte, quem cozinhar mais rápido, quem trabalha menos e ganha mais dinheiro, quem descobre formas de economizar dinheiro(me ensina essa Nathan!).
Agora basta, a noite me chama e ela está fresca, uma coberta basta. T+